quinta-feira, 14 de julho de 2011

LEITURAS II


















LEITURAS (Barnett Newman)



Em Barnett Newman, o foco da visibilidade anula-se pela fissura de traços verticais que desvelam ao expectador uma estética da ruptura em seu processo de criação. Subjacente a totalidade cromática do quadro, os traços verticais irrompem como significação de uma obra vindoura, aurora permanente do pintor. A contemplação da obra expressa um interstício entre a sensibilidade manifesta e uma dimensão factível.


HILTON VALERIANO

Um comentário:

  1. taí a sensibilidade descrita em união à obra de arte! Adorei.

    Beijos

    ResponderExcluir